Siga O Caralho a 4 no Twitter e tenha todas as atualizações do blog na sua página pessoal.

@ocaralhoa4

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Turisas - Stand Up And Fight [2011]

País: Finlândia
Estilo: Folk/Viking Metal
Nota: 9,5

Logo quando vi a capa, achei a mesma horrível e mal feita, mas depois de escutar o disco, acabei mudando minha opinião, devido à tamanha qualidade. O Turisas me surpreendeu totalmente com seu novo álbum. De acordo com minhas especulações, Stand Up And Fight seria um ótimo disco, mas foi muito mais que isso. Em seu terceiro álbum, o Turisas definitivamente se mostrou ser uma das maiores bandas de Folk Metal do mundo.

Apesar de sua pequena discografia - apenas três discos -, o Turisas conseguiu manter o alto nível em todos eles. Não teria música melhor para abrir o disco com The March Of Varangian Way. A música já introduz o álbum com temas épicos, teclados magníficos, peso e uma verdadeira aula de como fazer música de extrema qualidade. Ao longo do Stand Up And Fight temos desde músicas épicas à canções menos pesadas, mais bem trabalhadas e orquestradas, verdadeiras passagens um tanto ecléticas dentro dos parâmetros do Folk Metal.

Destaques são impossíveis de serem feitos, pois a cada música que se escuta a euforia aumenta mais, a ponto de querermos destacar o disco inteiro, cada faixa isoladamente. Músicas como End Of An Empire refletem bem a competência e visão ampla musical da banda, pois a música contrasta bem o peso e a leveza, pois a mesma começa com uma certa agressividade, e depois se torna calma apenas com piano e vocais, porém pouco tempo depois volta a ser a trilha sonora de uma guerra, com corais, orquestras e o próprio piano, mas dessa vez rápido e nada leve, assim como o vocal.

Na minha opinião Stand Up And Fight superou Battle Metal e The Varangian Way, os dois outros discos do Turisas, que já eram muito mais do que excelentes. Apesar de nem sairmos do primeiro trimestre do ano ainda, tenho certeza que esse será um dos melhores discos do ano. Palavras enaltecedoras não seriam o suficiente para descrever esse disco, quem além de disco é uma obra de arte.

1. The March of the Varangian Guard - 03:51
2. Take the Day! - 05:26
3. Hunting Pirates - 03:43
4. Venetoi! - Prasinoi! - 03:49
5. Stand Up and Fight - 05:27
6. The Great Escape - 04:51
7. Fear the Fear - 06:14
8. End of an Empire - 07:16
9. The Bosphorus Freezes Over - 5:37

Bonus Tracks:
01. Broadsword [Jethro Tull cover]
02. Supernaut [Black Sabbath cover]
03. The March Of The Varangian Guard [Acoustic version]
04. Stand Up And Fight [Acoustic version]
05. To Holmgard And Beyond [Acoustic version]

Mathias D.G. "Warlord" Nygård - Vocals, Keyboards, Programming
Jussi Wickström - Guitar
Hannes "Hannu" Horma - Bass
Tuomas "Tude" Lehtonen - Drums, Percussion
Olli Vänskä - Violin
Netta Skog - Accordion

2 comentários:

Renato disse...

Ouvi as 3 primeiras músicas e não curti nenhuma ._. Só pelo que eu ouvi, daria no máximo 6 pra esse disco '-'

Erickson 117 disse...

Acabei sendo atraido pela capa do disco, eu pessoalmente achei bacana, baixei ele agora, e estou ouvindo, nunca tinha escutado nada da banda, nem sou muito fã do estilo pois curto mais o heavy metal classico, mas tenho que admitir esses caras mandam bem pra caralho! Parabens ao blog pela resenha! Continua assim Spacek!

Postar um comentário